Qualificação oficial

 Trechos da entrevista antes da qualificação:

Schumacher: “Eu tenho esquiado com Corinna e meus filhos por alguns dias, agora eu posso passar meu tempo livre do jeito que eu quero, sem planejar nada. Esquiando, montando cavalos e pilotando motos, jogando futebol sem me compremeter com nada, eu posso aproveitar uma vida de aposentado.”

Entrevistador: Mas você está na pista com uma moto o tempo todo agora…

Schumacher: “Mas é só por diversão, ninguém está me forçando a fazer isso. As corridas na Hungria, uma semana atrás e em Barcelona eram apenas “corridas testes”. Na Espanha, havia uns caras que estavam testando as motos eu propus fazer uma corrida com eles. Eu venci a corrida, mas eles eram muitos jovens. Aqui (em Misano), ao contrário, será uma corrida de verdade, a primeira realmente oficial que eu irei participar e eu nem mesmo sei se terá continuação daqui a um mês. Isto vai depender de quanto eu quero e de como as corridas vão ser.”

 Schumacher conversa com fãs no pit

Isto depende se você vencer ou menos?

Schumacher: “Você está brincando? Aqui será impossível vencer, eles são pilotos de verdade, muito bem preparados, eles são basicamente profissionais enquanto eu sou apenas um amador. Eu já ficaria feliz se eu conseguir qualificar para a corrida (modesto) eu dei umas voltas pela pista e parece um pouco difícil com um monte de curvas. E se chover, o nível de dificuldade irá aumentar ainda mais.”

Você viu a Ferrari voltando com tudo na Malásia?

Schumacher: “Certamente. Na Austrália somente coisas excepcionais aconteceram que serão difíceis de se repetir pois as causas já foram identificadas. Na Malásia você viu a verdadeira Ferrari e os tifosi podem ficar calmos porque nós veremos a equipe mais uma vez assim daqui para frente.”